A implementação do sistema bibliotheca RFID possibilitou que a universidade tornasse seu acervo aberto e com a abertura do acervo, houve um aumento de circulação de usuários dentro da biblioteca.

State University of Amazonas logo

Implementando a tecnologia RFID em cinco bibliotecas na Capital

Um pouco sobre a Instituição:

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA), é uma universidade pública, que deu início as suas atividades acadêmicas no dia 03 de agosto de 2003.

Missão: promover a educação, construir o conhecimento científico e fomentar a inovação tecnológica para atender às demandas e se integrar com a sociedade de forma a superar o desafio de desenvolver a Amazônia com sustentabilidade.

Visão: a afirmação da UEA nos próximos cinco anos como instituição de referência nacional em ensino superior, caracterizada pelo compromisso social de instituição pública e pela excelência na gestão.

Valores: Respeito, Justiça, Liberdade, Inovação, Responsabilidade Social, Cidadania e Valorização dos servidores técnico-administrativos, docentes e colaboradores.A UEA, possuí cinco unidades acadêmicas na capital, sendo a maior Universidade Multicamp do País.

Experiência na conversão para o sistema bibliotheca RFID

A conversão RFID foi em tempo reduzido, no qual em duas semanas o acervo total estava com as etiquetas instaladas. A equipe da UEA foi treinada para realizar a conversão de uma forma que não houvesse sobrecarga dos servidores da instituição. Após efetuado todo o processo, verificou-se a otimização das tarefas. Com o sistema RFID implantado na instituição observou-se mais agilidade e eficiência nos processos internos.

Vantagens aos funcionários:

| diminuição no tempo de empréstimo de livros, pois essa operação pode ser realizada pelo próprio usuário nos equipamentos de autoatendimento, resultando em autonomia, satisfação e segurança para os usuários da biblioteca;

| segurança de que só sairão da biblioteca obras que foram emprestadas e registradas no sistema;

| melhor aproveitamento do tempo dos profissionais da biblioteca, pois os mesmos podem se dedicar a tarefas intelectuais.

Vantagens aos usuários:

| autonomia dos usuários na busca de informações diretamente no acervo, permitindo uma melhor análise da obra de acordo com sua necessidade informacional naquele dado momento;

| autonomia também na escolha das obras, refletindo no uso de obras nunca emprestadas antes, notando um ambiente propício à participação da comunidade acadêmica

Depoimento do Cliente:

“Meu nome é Jeane Galves e sou diretora do Sistema Integrado De Bibliotecas da Universidade de Estado do Amazonas, fazemos uma gestão participativa e por isso temos uma Coordenadora do Projeto e também a idealizadora do Projeto de Reestruturação da Biblioteca, a Bibliotecária Sheyla Lobo Mota.

Nossa atividade fim é atender aos usuários da biblioteca com um serviço de qualidade no atendimento, otimizando o tempo de empréstimos e devoluções e oferecer o acesso aos livros sem intermediários. Foi uma ótima experiência, com a Bibliotheca, os profissionais são altamente competentes, sanaram dúvidas e realizaram seu trabalho em tempo hábil, além do bom relacionamento interpessoal.”

1ª Universidade do Amazonas, com 1ª Universidade do Amazonas, com autoatendimento

“Tenho a esperança de que esse novo modelo dissemine outra visão do ponto de vista de fazer educação no Amazonas. Essa biblioteca é o exemplo do modelo que iremos implementar na capital e interior. Infelizmente, por conta da crise financeira que atingiu o Brasil, ainda não poderemos inaugurar outras bibliotecas, mas essa é a primeira de muitas que virão”, disse Cleinaldo Costa, reitor da instituição.

icon-open-book

Você também pode gostar

Perspectivas e tendências